Aulas de Pilates: quanto cobrar?

Você sabe quanto cobrar pelas aulas de Pilates?

Este é um assunto delicado, alvo de muitas dúvidas entre os iniciantes no negócio de Pilates. Antes de montar uma tabela de preço para as suas aulas, existem alguns pontos importantes que devem ser levados em consideração. O principal deles é o seu público-alvo.

O valor das aulas está diretamente relacionado ao público que você quer atingir. Se você pretende fazer um serviço voltado para a terceira idade, deve saber que sua realidade financeira é diferente de um adulto em pleno desenvolvimento de carreira, por exemplo.

Outro fator determinante é a região em que você está localizado. Por isso, é necessária uma pesquisa de mercado, para analisar que tipo de clientes você vai atrair neste local, qual a renda média dos moradores da cidade e o fluxo comercial da região próxima. Procure também saber dos seus concorrentes. Quantos concorrentes diretos você tem, próximos ao estúdio, e quanto cobram por aula.

O custo das aulas de Pilates está também associado à qualidade dos equipamentos e à sua formação e especialização. O atendimento personalizado é uma característica positiva que deve ser colocada em evidência na hora de determinar os preços.

PUBLICIDADE
Outubro Rosa MetaLife 2020
Outubro Rosa MetaLife 2020

MONTANDO UMA TABELA DE PREÇOS

Para formatar uma tabela de preços para as suas aulas, você precisa ter bem clara a relação de custos fixos e variáveis do estúdio. Os custos fixos são aqueles que não mudam todos os meses, como o aluguel. Os variáveis são os que dependem do número de alunos ou que mudam mensalmente, como telefone, folha de pagamento, energia, etc. A partir daí você deve determinar o percentual de lucro que quer trabalhar sobre este valor.

Depois, identifique qual a ocupação do seu estúdio, calculando o número de aulas x o número de alunos em sala. Veja quanto cada aluno terá de pagar para cobrir os custos e que tipo de plano será trabalhado (mensal, trimestral, semestral). Opte por um valor a mais para os descontos.

Veja o exemplo de uma conta resumida:

Custo fixo + variável: R$ 8.000,00

Lucro: 100%

Total: R$ 16.000,000 – o seu lucro mensal será de R$ 8.000,00 por mês

Ocupação do estúdio: 60 (baseada no número médio de 3 alunos por aula)

Ticket médio por aluno: 266,00 (este é o valor médio por aluno, mas deve-se colocar uma margem a mais para os descontos)

Dicas

– Avalie o valor que você pretende quando seu estúdio estiver com a ocupação máxima. Não se engane colocando valores muito baixos, para não se surpreender com o aumento dos custos;

– Leve em conta o valor que vai receber por mês até o negócio chegar nessa ocupação;

– Normalmente, o custo variável é menor no início, e vai aumentando a cada mês;

– Esteja preparado, pois talvez não consiga lotar toda a ocupação do estúdio no início;

– Hoje, um estúdio cobra em média R$ 25,00 pela hora/aula. Esse valor é uma base geral, lembre-se de estudar todos os itens sugeridos.

 

 

PUBLICIDADE
Outubro Rosa MetaLife 2020