Cliente Pilates: 3 dicas para manter a proximidade

Como manter a proximidade com o Cliente de Pilates durante a Quarentena?

Levanta a mão quem imaginava este cenário assustador que nosso ramo está passando? Mas não se desespere, não é uma exclusividade nossa. A economia está passando por isso e gosto de pensar que somos privilegiados, estamos conseguindo fazer a quarentena em segurança, em nossas casas. Além disso, muitos da nossa área ainda estão virtualmente trabalhando. Mas tanto eu como você não imaginávamos isto e fomos pegos desprevenidos, não é mesmo?

De uma hora para outra, acabaram os atendimentos presenciais, os estúdios fecharam as portas e muitas vezes as aulas cessaram. Sei que alguns instrutores rapidamente retornaram em atendimentos online aos seus clientes (redes sociais ou salas virtuais). Outros, na esperança de que isto passaria rapidamente, aguardaram. Aguardaram inclusive pelo choque emocional da situação (sim, não são raras as histórias de profissionais que tiveram um bloqueio e nenhuma ação diante da situação. E não se culpe se você se identificou com as afirmações acima).

Não sei em que estado você mora, mas cidades como São Paulo ainda não tem previsão de retomar as atividades que se cessaram na 2ª quinzena de março. Então, nossa matéria deste mês traz possibilidades para você se aproximar do cliente e poder aplicar boas práticas para, com muita estratégia, poder posicionar sua marca, seu trabalho diante de tantas incertezas, mas de exemplos que tem dado certo por aí.

É preciso estar presente na rotina do cliente

Isolamento social físico é uma verdade, mas você não necessita estar longe da rotina dele, e vamos pensar em possibilidades. Dizem os experientes que quanto mais perto estivermos do nosso cliente, mais cedo retornaremos a fazer negócios, gerar faturamento e até porque não, acreditar que podemos vender mais? Se compararmos as marcas que abandonam seus clientes neste momento, te digo que sim. Acompanhe 3 dicas que podem estruturar sua aproximação com o cliente:

PUBLICIDADE
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates

1 – Esteja sempre por perto
Baseie-se na máxima: quem não é visto não é lembrado. Compartilhe conhecimento, apresente informações pertinentes, que tenham a ver com o perfil do seu cliente, e mostre-se através da comunicação. Passe segurança e diga o quanto deseja acompanhar o seu cliente durante a pandemia da melhor forma.

2 – Seja fonte de informações seguras!
Diante de tanta informação, de tanta fake news, seja uma fonte confiável ao seu cliente. Tome muito cuidado com o que você afirma em seu site, nas redes sociais, ou mesmo nas mensagens via whatsApp.

3 – Humanize seu atendimento
Tenha cuidado com a forma que você se comunica, muitas pessoas estão abaladas…Mostre-se como um suporte disposto a ajudar o cliente. Comunicação próxima, sutil e de parceria. Desenvolver com sensibilidade a comunicação vai mostrar seu real objetivo, mesmo em um ambiente virtual.

O que mais você pode fazer

Dentro da TcPILATES, empresa que faço parte da gestão, dois dias depois que fechamos as portas para o atendimento presencial, começamos com lives-aula dentro da plataforma do Instagram e já lançamos nosso Canal no Youtube . Assim, rapidamente já quebramos o gelo para o ambiente digital.

10 dias após fechar os estúdios, nossos clientes já migraram para as aulas em salas virtuais. Também rapidamente compartilhamos um E-book, intitulado Pilates em casa na quarentena (quer conhecer baixe por aqui) com sugestão de exercícios para quem desejava treinar sozinho, em horários diferentes. Estas ações, inclusive trouxeram muita audiência e novos seguidores para nossos canais, sem investirmos absolutamente nada em impulsionamento.

Outra dica, que mostrou-se positiva, foi dividirmos nossa carteira de clientes entre os profissionais dispostos a atender online. Hoje os instrutores atendem através de grupos de whatsapp, com grupos restritos e personalizados. O profissional encaminha informações sobre as próximas aulas e isso propicia momentos de descontração antes, durante e depois das aulas das mais diferenças formas. Um exemplo é um convite divertido já convocando o tema da aula que acontece no dia seguinte, de forma organizada. Uma pergunta 12h depois da aula também sempre cai bem, monitorando como a pessoa se sentiu com aquela nova sequência ou com os desafios propostos no dia anterior.

E o e-mail? Que tal resgatar esta forma de comunicação? Montar informativos, pesquisas e explorar esta forma de comunicação. Nós também estramos no telegram e percebemos que a maior parte dos nossos clientes também.

De olho em outros mercados…

Gosto de acompanhar o que acontece em outros mercados. A Kopenhagen, por exemplo, assim que as lojas físicas fecharam, abriu um canal de vendas online, inclusive com descontos substanciais, para não perderem vendas na Páscoa. Isso proporcionou um cadastramento de quem é amante da marca. A marca de roupas Reserva transformou todos os seus funcionários em vendedores de seus produtos e os resultados foram bem interessantes.

É possível que algumas ações citadas acima não vão gerar uma receita diretamente, mas acreditamos que este não é momento de pensar somente nisto. Transmitir segurança, informações, conteúdos… tudo isso vai deixar boas recordações para o cliente e sua marca vai sempre ficar marcada como um local que ele indicará para familiares, amigos ou até estranhos, quando for perguntado . Pense nisso e se colocar estas dicas em ação, me conte.

Abraço (agora virtual) e muitos hundreds!

Ge Gurak
Co-fundadora da TcPILATES, empresa de aulas e cursos no ramo do Pilates.

PUBLICIDADE
Máscaras personalizadas Metalife
Máscaras personalizadas Metalife
Máscaras personalizadas Metalife
Máscaras personalizadas Metalife