Como estabelecer regras para os alunos

Para garantir o bom relacionamento entre as pessoas é normal que se estabeleçam algumas regras de convivência. E no estúdio não é diferente. O comportamento correto dos alunos e dos professores durante a aula faz com ela seja realmente produtiva. Além disso, o instrutor e os alunos ajudam a formar a imagem que o estúdio terá perante os visitantes e possíveis novos clientes.

Você pode então fazer uma lista com regras primordiais e colocá-la no mural. Mas quem garante que ela será lida? Para ter certeza de que os alunos estarão cientes das regras, apresente-as já na primeira aula. Se possível, disponha-as em contrato. Entregue a lista ao aluno (impressas, por whats, e-mail…) e explique porque é importante segui-la para manter a ordem e o bem-estar dentro do estúdio.

Lista entregue, é hora de alertá-los que as regras estarão no mural para consultar sempre que precisarem. Depois disso, basta você acompanhar o comportamento dos alunos e fazer pequenos ajustes, quando algo incomodar.

Que regras impor?

Claro que você precisa ver o que mais se adequa a sua realidade, mas seguem algumas sugestões.

– Trazer toalha para utilizar sobre os aparelhos e também para uso pessoal;

PUBLICIDADE

– Desligar o celular durante a aula;

– Usar roupas decentes e confortáveis (além da máscara, é claro);

– Chegar com atraso de, no máximo, 5 minutos para o início da aula;

– Avisar sobre a falta na aula com certa antecedência, preferivelmente 24 horas antes;

– Prazo de 15 a 30 dias para a reposição de aula perdida (com o mesmo professor e no mesmo período que costuma fazer);

– Bom senso quanto à conversa durante as aulas;

– Não interromper o colega durante a execução dos exercícios;

– Não interromper o instrutor enquanto ele estiver explicando os movimentos aos outros alunos.

Esses são apenas alguns exemplos do que você pode listar aos alunos. Existem várias outras regras que você pode adaptar conforme a necessidade. Sucesso!

PUBLICIDADE