Como lidar com as épocas de baixa no estúdio

Como lidar com as épocas de baixa no estúdio

Em alguns períodos do ano, como na primavera e no verão, é comum os estúdios de Pilates ficarem lotados. As pessoas, às vezes, chegam a disputar os melhores horários e enfrentam enormes listas de espera. Todos querem tonificar e delinear os músculos, emagrecer e se preparar para o clima em que os corpos ficam mais à mostra. Claro que essa afirmação só é verdadeira para as regiões do País onde as estações são bem marcadas. Nas outras, a sazonalidade pode acontecer de forma diferente. Mas uma coisa é fato: todos sofrem, em alguma hora, um período de baixa. Como se preparar para enfrentar esses momentos sem sofrer muitos danos, ou mesmo: o que fazer para evitá-los?


Retendo alunos

Você trabalhou muito para conquistar os clientes que possui, não é mesmo? Não é justo que o frio, a preguiça, a falta de motivação, ou mesmo a atração por outra atividade, destruam tudo aquilo que você já construiu até aqui. Por isso, nós vamos te ensinar algumas técnicas bem básicas e de fácil aplicação para você não perder nenhum aluno.

Primeiro: o Pilates costuma dar resultado em pouco tempo, ou seja: as pessoas veem o efeito no corpo rapidamente, principalmente na postura, na respiração e na disposição. Isso quer dizer que você tem um excelente argumento para convencer o praticante a permanecer no estúdio ao longo do ano. Sugira reavaliar a cada três meses os objetivos dele e se proponha a ir montando treinos diferenciados e bem específicos. E motive-o, motive-o sempre. Você, enquanto professor, tenho um papel fundamental nesse processo de permanência do aluno no estúdio.

Além de palavras, recorra a recursos extras, como uma massagem relaxante após o treino de Pilates, um escalda-pés, um chá aromatizante…faça com que ele tenha um momento único, uma experiência diferente e que saia do seu ambiente respirando bem-estar. Saiba que pequenas ações podem surpreender e conquistar o cliente, a ponto de mantê-lo sempre por perto.

PUBLICIDADE
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates

Outra dica é ampliar a experiência do aluno com o seu espaço. Crie um clima favorável, para que o cliente se sinta bem confortável e à vontade. Manter os ambientes sempre limpos, arejados e iluminados podem ser ótimas alternativas. Você também pode utilizar velas aromáticas, incensos ou outros perfumes. Procure sempre usar a mesma fragrância.

Eventos temáticos e de integração também podem ajudar. Quanto mais próximo de você e do seu estúdio, menos chances de o cliente parar a prática da atividade física ou buscar outro lugar para se exercitar.

Ofereça pequenos mimos de vez em quando, como frases de incentivo em papeizinhos enrolados, uma bala diferente com uma mensagem bonita de boa semana ou bom final de semana, uma fita ou pulseira com uma palavra motivadora, um biscoito da sorte, um cookie enroladinho num papel bonito, enfim, só usar a criatividade. O importante é que o cliente possa levar para casa e dividir a mensagem com outras pessoas.

Você também pode oferecer descontos na renovação da mensalidade aos clientes, bem como avaliação física grátis e outros benefícios que o façam se sentir importante e especial.

Conquistando novos alunos

Você fez tudo o que podia, mas mesmo assim não conseguiu reter os alunos que conquistou da forma que gostaria (ou precisava) e agora está sofrendo com a temível baixa no estúdio? Não se desespere, nós vamos te ajudar, fornecendo algumas dicas bem fáceis de serem praticadas. Elas também servem para você, que é dono de estúdio, e que deseja evitar que a crise se estabeleça.

Que tal realizar promoções para atrair novos alunos? Você pode fazer pacotes trimestrais ou semestrais especiais, com preços diferenciados, e também reduzir o valor da mensalidade nos horários de menor pico (como às 10h da manhã e às 15h da tarde por exemplo), além de oferecer avaliação física gratuita e diversos outros atrativos.

Outra coisa bacana é formar grupos bem específicos, como de idosos, gestantes, atletas e crianças. Além de otimizar o seu espaço, já que a ideia é atender várias pessoas em um único horário, você acaba tendo mais lucratividade. Só lembre de atender somente a quantidade de alunos que conseguir cuidar. O indicado é não ultrapassar quatro por professor. Aproveite para oferecer essas aulas nos horários com menor fluxo de clientes. Ah, e não esqueça de divulgar. Utilize redes sociais, e-mail marketing, whatsApp, panfletagem no bairro, faixa, placa e o que mais achar necessário.

Você também pode agregar atividades ao Pilates. Assim, você consegue atrair públicos distintos e aumenta as chances de manter a lucratividade em períodos adversos. Algumas modalidades como treinamento funcional, step, lutas e danças estão em alta. Aqui a sugestão é misturar movimentos dessas outras atividades à aula de Pilates (que é o foco do seu negócio) e não oferecer aulas distintas, certo?

Outra alternativa é se render às aulas de Pilates diferenciadas, como Pilates Dance, Move Flow, Total Barre, Zenga e tantas outras que estão disponíveis no mercado hoje em dia.

Não esqueça de controlar as finanças de perto. Em épocas de baixa, quando estiver entrando menos dinheiro, lembre-se de reduzir gastos para tentar manter o equilíbrio. Simples ações, como manter as luzes desligadas quando um ambiente estiver sem uso, optar por uma marca de sabonetes mais em conta, você mesmo realizar a faxina do mês, podem surtir um bom efeito.

Gostou das nossas dicas? Tem mais sugestões para compartilhar? Deixe nos comentários e ajude mais estúdios a manterem-se saudáveis financeiramente, mesmo em épocas de baixa.