Dedicação nas aulas

Dedicação nas aulas

A forma de ensinar um exercício para um cliente requer muita habilidade para instruir, dedicação para estudar os objetivos de cada exercício e, claro, dedicação para praticar no próprio corpo o que foi aprendido. Dessa forma, o instrutor poderá ensinar com mais clareza.

Sendo o Pilates uma atividade que tem como objetivo o trabalho consciente do movimento para obter um bom resultado, a instrução deve ser clara e objetiva para que o aluno seja capaz de compreender o movimento, desenvolvendo-o de forma segura e eficaz.

O professor deve ficar atento ao nível de percepção de cada aluno e sua experiência corporal, para então desenvolver uma programação de aula individualizada e determinar o grau de instrução. A escolha de cada exercício depende do objetivo do aluno e também do foco que o professor terá com cada aluno.

Alguns alunos precisam observar o movimento no professor, outros precisam escutar de forma precisa a descrição do movimento. Existem ainda os que necessitam sentir o caminho do movimento através do toque do professor, que dará o direcionamento correto.

Para facilitar a instrução, o professor pode organizar as informações da seguinte forma:

– Posição inicial do exercício;
– Origem e direção do movimento;
– Respiração;
– Ênfase muscular.

Essa sequência de informações pode facilitar o entendimento do aluno e organizar o pensamento dos instrutores com pouca experiência, além de deixar a instrução dos mais experientes mais detalhada e específica para cada cliente.

Melina Caleffi
Treinadora STOTT PILATES

Posts em alta

Redes Sociais

Receba as últimas atualizações

Seja dono do seu estúdio

Destaques do mês

confira nosso BLOG

E-books

Baixe gratuitamente os e-books MetaLife e aproveite.

Quem Somos

Um canal que traz o Pilates no centro, dedicado para quem quer empreender, montar um estúdio, ampliar seu negócio e ficar por dentro de assuntos relevantes que cercam a comunidade do Pilates.

©2023. Todos os direitos reservados.

Entre em contato conosco!