Pisos e paredes no estúdio

Pisos e paredes no estúdio

Normalmente, esse é um assunto que não recebe muita atenção na hora de montar um estúdio. Mas os pisos e paredes também são importantes e devem ser adaptados para esse tipo de ambiente. Por isso, é preciso ter cuidado na hora de escolhê-los. E isso não vale só para o design e a cor. É preciso pensar no revestimento ideal para a prática dos exercícios, na higiene e até no conforto dos clientes. Veja algumas dicas para a escolha do piso e das composições das paredes.

Pisos

– Pense na higiene e na praticidade na hora da limpeza e da manutenção;

– O piso não deve ser gelado, nem escorregadio, pois os exercícios de Pilates são realizados com os pés descalços ou de meias. Portanto, o ideal é que tenham isolamento térmico e sejam antiderrapantes (um tipo leve, é claro).

PUBLICIDADE
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates

– Outro ponto importante é a resistência. Veja se não marcam com facilidade. Ninguém quer um piso marcado e danificado quando decidir fazer mudanças no layout dos equipamentos.

– É possível escolher o tipo de piso certo, à partir da definição da estimativa de clientes: piso para tráfego leve, moderado ou pesado.

– Materiais que não deixam odores com facilidade também são bem positivos;

DICA:
Alguns pisos mais modernos imitam a madeira e não fazem barulho à medida que você anda. Eles são bem fáceis de limpar e resistentes a quedas de pesos e líquidos, por exemplo. Além de serem confortáveis termicamente. Busque boas referências desse tipo de piso no mercado.


Paredes

– Paredes com texturas retêm mais pó, prefira as lisas, que são mais práticas de limpar e ajudam a manter a higiene do ambiente;

– Use tintas laváveis, que facilitam a limpeza. Um pano limpo e úmido, normalmente, é o suficiente para tirar marcas de mãos e dedos, riscos e manchas;

– Aplicar massa corrida, antes da tinta, deixa a parede lisa e também facilita a limpeza, além de deixar o ambiente mais bonito;

– Outra ideia é aplicar um papel de parede que seja fácil de limpar. Ele costuma ser muito prático e ainda embeleza;

– Se o local do estúdio for barulhento, existem revestimentos de parede para isolamento acústico. O investimento costuma valer bastante à pena.

E você, que tipo de piso ou parede optou por usar no seu estúdio? Conte pra gente: contato.np@negociopilates.com.br.