Complemente o estúdio com a Prancha de Molas

Muitos estúdios de Pilates tem apostado na Prancha de Molas para complementar as aulas e atrair ainda mais clientes, ou mesmo para conseguir formar grupos. Isso porque ela tem um baixo custo, se comparada aos tradicionais equipamentos de Pilates, além de ser muito versátil e compacta, necessitando apenas de alguns centímetros de uma parede reforçada para funcionar – e de forma muito eficaz.

A Prancha de Molas ocupa pouco espaço físico, mas tem inúmeras funcionalidades, permitindo a prática de exercícios diferenciados de diversas modalidades, inclusive todos os de Pilates, normalmente realizados na lateral do Cadillac ou na torre do Reformer.

Exercícios na Prancha de Molas

Rolamento para baixo (roll down)
Exercício de mobilização de coluna

Posição inicial: sentado sobre os ísquios, mãos segurando a barra, com os braços estendidos na largura dos ombros, pernas estendidas e afastadas na largura do quadril, coluna neutra e escápulas estabilizadas. Caso não consiga manter a coluna neutra com as pernas estendidas, flexione ligeiramente os joelhos.

Movimento: faça um rolamento para trás, iniciando o movimento da pelve, rolando para trás dos ísquios, descendo vértebra por vértebra até deitar e encontrar a coluna neutra. Para voltar, inicie o movimento da cabeça e role vértebra por vértebra até sentar em cima dos ísquios novamente.

PUBLICIDADE

Dicas: ter os ísquios como referência. Rolar para trás dos ísquios e ativar o abdômen para mobilizar a coluna para trás.

Agachamento com bíceps e coluna neutra
Exercício de força e equilíbrio

Posição inicial: em pé, de frente para a Prancha de Molas. Pés bem posicionados na largura do quadril, com a coluna neutra. Braços semiflexionados à frente do corpo, segurando as alças com as palmas para cima, um pouco abaixo da altura dos ombros. Molas na altura dos ombros e sem tensão.

Movimento: estabilize a escápula, mantenha a coluna neutra e flexione os joelhos, fazendo um agachamento. Simultaneamente, flexione os cotovelos, levando as mãos em direção às orelhas. Retorne à posição inicial,
estendendo os joelhos e os cotovelos, encontrando o peso distribuído nos pés.

Encontre mais dicas de exercícios como esses neste e-book gratuito: E-BOOK PRANCHA DE MOLAS.

Jessica Akie Kimura
Apaixonada pela vida, pelo ser humano e pelo estudo do corpo, da mente e
do espírito. Professora de movimento graduada em educação física e saúde
(USP), com formação em pilates (STOTT), yoga vinyasa flow (Studio
Nataraja) e métodos que utilizam a fáscia. Terapeuta holística com
formação em psicanálise e linguagem do corpo. Praticante e estudante de
filosofias orientais.
Instagram: @jessicakimura7
Site: www.jessicakimura.com

PUBLICIDADE