Qual a imagem pessoal que você transmite ao seu cliente?

Já parou para pensar qual a imagem pessoal que você transmite ao seu cliente? Vamos iniciar analisando a nossa identidade, a qual construímos no dia a dia, através dos nossos comportamentos em sociedade. É indiscutível que a primeira impressão está baseada no aspecto exterior e, sobretudo, na imagem pessoal através do estilo que usamos. Sabemos que a imagem pessoal é construída através das nossas atitudes, os cuidados com nossas características físicas, nossa maneira de ser, se comportar, viver e de todas as características da nossa personalidade.

Existe uma frase que diz: a primeira impressão é a que fica. Tenho certeza que já deve tê-la ouvido bastante. Todos nós temos a tendência de julgar pela imagem e, além do mais, desenvolvemos a capacidade de o fazer em escassos segundos sem, muitas vezes, tentar conhecer a pessoa, fazendo uma radiografia instantânea da mesma, só pela forma como esteja vestida, penteada ou a aparência cuidada ou não que apresente.

A primeira impressão é indiscutivelmente importante para a pessoa ao desenvolver-se em sociedade. A visão preliminar que formamos da mesma pode marcar ou condicionar o seu desenvolvimento futuro ou a relação posterior que desenvolveremos com a mesma.

Geralmente pensamos que a primeira impressão é somente quando o cliente chega pela primeira vez em nosso espaço. Mas vai muito além disso. Hoje, com o advento da internet e redes sociais, acabamos por passar nossa mensagem até mesmo sem saber através da nossa expansão nessas mídias.

No aspecto profissional, essa comunicação determinará a imagem que gestores, líderes, colegas de profissão e clientes terão de nós.

PUBLICIDADE

Qual a imagem que você quer passar?

Se você pretende ser reconhecido, ter credibilidade e confiança das pessoas, é de suma importância cuidar dos elementos que geram a primeira impressão imediata sobre você em qualquer contexto, como aparência, linguagem corporal e expressão facial.

Para construir uma imagem é necessário investir em qualificação, ser proativo, ter pontualidade, ser educado, organizado, ter boa aparência e utilizar as redes sociais.

A imagem pessoal é composta por hábitos, comportamentos, postura, ética, conhecimentos, competências e é ela que passa as características para as pessoas ao nosso redor, além de que a nossa imagem também está atrelada as nossas relações pessoais, com quem convivemos diariamente. Desta forma é importante, além de investir em você, analisar a sua rede de relacionamentos.

Para alcançarmos o sucesso é de suma importância termos uma boa imagem profissional e pessoal. Você só conseguirá isso de forma convincente se praticar e for realmente verdadeiro no que você transmite. Por isso, se apresenta dificuldade em algum aspecto é importante criar hábitos para mudar.

Na área da saúde por exemplo: nós profissionais somos referência para as pessoas no aspecto qualidade de vida, cuidados pessoais e saúde. Não tem como ser profissional do movimento, trabalhar com Pilates e ter aspectos que façam os clientes desacreditarem do seu potencial.

A maneira como você fala e cumprimenta as pessoas devem ser escolhas que caracterizem os seus clientes, que transmita a mensagem mais formal para o público adequado e linguagem mais simples para quem não tem conhecimento na área. Isso é fundamental para destacá-lo do concorrente.

Na linguagem corporal: a forma como você fica em pé, sentado, e até mesmo a maneira de caminhar, demonstram seu interesse no atendimento ao púbico. Os braços cruzados podem demonstrar desinteresse na conversa com alguém. A forma como se veste no ambiente de trabalho deve ser adequada à função a qual exerce. Conforme nos apresentamos perante a comunidade, demonstramos a importância que damos aqueles momentos.

Nas redes sociais: as redes sociais atualmente tem exigido dos profissionais o marketing pessoal, que é a forma pela qual você se porta nas mídias digitais. É uma representação da forma que você deseja ser visto pelos outros, ou seja, é um conjunto de ações e atitudes que você adota com a finalidade de revelar o que você tem de melhor para o mercado.

Todos nós, instrutores de Pilates, seja fisioterapeuta ou profissional de educação física, sabemos da importância de respeitar o nosso código de ética, vez que a ética profissional destaca os profissionais que são competentes e respeitados.

Percebemos assim, a importância de cultivarmos uma imagem pessoal de respeito na sociedade, pois ela é a porta de entrada em nosso espaço e através dela iremos cultivar e perder clientes. Por isso, cultive sua identidade, boas relações e busque sempre a ética profissional, passando segurança e transparência ao seu púbico. Mesmo que tenhamos um mercado repleto de profissionais, sabemos que apenas aqueles que são bem vistos na sociedade alcançam o sucesso.

LEMBRE-SE: sua marca, é Você!”

Leia também: Como sobreviver a pandemia?

Carla Scalsavara
Fisioterapeuta
Bem-Estar Studio
@bemestarstudiocn

PUBLICIDADE