Renove o ambiente com tecidos

Com diferentes texturas e estampas, os tecidos de parede são uma excelente alternativa para quem quer dar uma renovada na decoração do espaço. Esse tipo de revestimento pode dar vida aos ambientes e deixar o estúdio ainda mais aconchegante.

É possível aplicar tecidos em qualquer ambiente. Entretanto, em locais úmidos, é necessário que sejam impermeáveis. Alguns, inclusive, já são comprados com resistência à água, mas você também pode impermeabilizá-los com uma solução de cola para formar uma película protetora.

Os produtos têxteis em geral podem ser utilizados em diferentes superfícies como paredes, móveis, portas, divisórias, cortinas e até almofadas. Com o uso de estamparia digital, passam a ser objeto de desejo de quem quer ter uma decoração com tecidos customizada nos ambientes.

De acordo com a designer têxtil Celaine Refosco, os tecidos para revestimento possui vantagens sobre os papéis de parede, pelo fato de o algodão não refletir a luz.

Ainda pensando em paredes, o tecido oferece a facilidade de ser aplicado de maneira simples, por qualquer pessoa, pois não cria bolhas ou marcas. Outras vantagens estão na durabilidade e no efeito acústico que proporciona ao ambiente e na possibilidade de ser lavável.

PUBLICIDADE
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates

No caso das paredes, para não confundir o olhar, as estampas maiores são recomendadas. No mobiliário, os produtos têxteis lisos são mais indicados por serem mais fáceis de compor com almofadas de cores mais vibrantes, mas precisam ser resistentes para ter maior durabilidade. Para as almofadas, os tecidos mais delicados como a seda são uma boa alternativa.

Aprenda a aplicar na parede

Materiais necessários:

Cola branca, fita crepe, tesoura, estilete bem afiado (de preferência com lâmina nova), régua de alumínio, pincel largo, rolinho de borracha e espátulas de plástico ou metal.

Calcule a metragem de tecido:

Os tecidos têm, na maioria das vezes, 1,40 m de largura. Veja, então, qual será a altura e largura necessárias. Lembre-se de deixar, pelo menos, de 50 a 70 cm de folga para cima e para os lados.

Prepare a parede:

A sua parede precisa estar lisa e limpa. Caso o local esteja com a massa corrida mal nivelada, por exemplo, o tecido evidenciará ainda mais a imperfeição. Caso esteja tudo certo, basta passar um pano úmido na parede.

Preparando o tecido:

Estique o tecido no chão limpo e marque com um lápis as alturas que você precisará para cobrir a parede. Depois, corte-o. Para ter certeza de que as emendas irão encaixar certinho, já deixe montadas no chão as faixas de tecidos na posição em que elas devem ser instaladas. Isso vai evitar surpresas.

Instalação:

Passe a cola na parede. Lembre-se de diluir o produto na proporção 2/3 de cola para 1/3 de água. Fixe cada faixa de tecido no teto com a fita-crepe, mas deixe uma sobra de uns 10 cm. Comece a colá-las de cima para baixo. Use a espátula e o rolinho para remover as bolhas e esticá-las melhor. Caso você não queira passar a cola em toda a altura de uma vez só, vá passando por faixas horizontais e colando na sequência. Deste modo, você realiza o trabalho com mais calma, evitando que a cola seque. Ao partir para a segunda faixa de tecido, cuide em acertar perfeitamente os desenhos.

Finalização:

Depois de instalado todo o tecido, deixe a cola secar antes de remover as sobras laterais. Assim que a cola secar, com o auxílio da régua de alumínio, remova as sobras com o estilete de cima para baixo. Cuide para utilizar a lâmina da forma mais paralela possível à parede, quase “de pé”.

Prontinho! A cola leva alguns dias para secar completamente, por isso o tecido pode apresentar algumas ‘’manchas’’ enquanto isso.

1 COMENTÁRIO